Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, quinta-feira, 15 de maio de 2008

Evo Morales, o dedo-duro

Autor: Edson Oliveira   |   19:44   Seja o primeiro a comentar

(Foto ao lado: Chaves, Lula e Morales)

Há uma espécie de esconde-esconde das metas radicais de Lula para o Brasil. Aliás, muito mal escondidas, onde só não acha quem não procura... ou se faz de cego.

Nesse joguinho em que alguns fingem não ver, o Governo Lula é apresentado, não raras vezes, como moderado ou mesmo como alternativa contra a chavinização da América do Sul.

Mas Evo Morales estragou a brincadeira.

Durante uma entrevista coletiva no Palácio Quemado de La Paz, assim disse o presidente da Bolívia:

"O que Chávez faz publicamente, Lula também faz, mas em silêncio. Não há nenhuma diferença entre Lula e o companheiro Chávez".

(foto ao lado: Lula com o boné do movimento marxista-terrorista MST)

Evo Morales dedurou o esconderijo. Quem vendava os olhos para essa realidade, agora terá também de tapar os ouvidos.

0 comentários: