Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Socorro! Descobriram a farsa do movimento pró-vida!

Autor: Edson Oliveira   |   18:47   6 comentários

De acordo com o jornal Folha de São Paulo (29/8/2008), o ministro da Saúde José Gomes temporão disse que a farsa da anencefalia da menina Marcela de Jesus Ferreira foi desvendada por um grupo de médicos.

O caso era utilizado pelos grupos pró-vidas (eu me incluo) como argumento de que a anencefalia não era 100% incompatível com a vida (argumento dos abortistas).

Mas a farsa, conforme disse o Ministro, foi desvendada. Os malvados dos pró-vidas - eu também - escondiam essa verdade e falseavam a realidade para fazer valer seus argumentos. Nem os médicos a sabiam! Que coisa, heim!

Só depois de um ano e oito meses um grupo de médicos - liderados por Thomas Gollop, militante pró-aborto - resolveu se reunir para estudar o caso e apontar a "farsa".

Eu vou revelar um segredinho. Eu tenho a mania de estudar medicina nas horas vagas e consegui ter acesso aos relatórios e diagnósticos do caso da menina Marcela. Vendo eu com minha suprema sabedoria médica que não se tratava de anencefalia - coisa que os peritos com canudos de doutorado afirmavam, incluindo o Sr. Gollop - me calei e torci para que ninguém descobrisse a farsa. Mas que esperança falsa a minha, como eu pude achar que os especialistas não descobririam um dia?

***

Deixando a ironia de lado, será que se for aprovado o aborto de anencéfalos os ministros do STF vão se preocupar com este detalhe importante: a falha nos diagnósticos! Será que o Sr. Gollop vai se preocupar em estudar com sua equipe caso por caso e assim evitar que a-anencéfalos sejam tidos com anencéfalos?

Se assim for não haverá nenhum aborto desse tipo no Brasil. Pois só os diagnósticos da não-anecefalia de Marcela demoraram quase dois anos para sair.

Gostaria de saber uma coisa, se Marcela houvesse sido abortada por causa da acusação falsa de ter cometido o "crime horrendo" de ser gerada com deficiência física, rotulada penalmente pelos pró-aborto como anencefalia. Esses médicos estariam também reunidos para poder analisar o caso e assim criminalizar os responsáveis por, essa sim, farsa! E o Ministro mostraria o mesmo contentamento com isso!

6 comentários:

Pois é, o importante para eles é passar suas ideias revolucionarias, atualizadas,execrando todo anacronismo, todo medievalismo, todo atraso. Que importam estas consideraçoes feitas nestes seus comentarios...Que matem inocentes, que se cometam erros, o importante é IMPLANTAR O ABORTO NO BRASIL...
Quando Deus Nosso Senhor resolver punir que náo O acusem de exagero.

Pois é!
Não sabia que era tão fácil assim errar esses exames. Quem sabe agora poderemos sugerir que também façam esse exame alguns de nossos representantes lá de Brasília. Afinal de contas se eles não tem nem direito a nascer, quanto mais a exercer certos cargos como ministro... Quem sabe se não tem gente ai escondendo outros documentos!

Foi um prazer ter conhecido este espaço e os temas que são abordados. Este é um sincero reconhecimento se deseja recebê-lo:

http://movimentoordemvigilia.blogspot.com/2008/08/movcc-recebe-o-prmio-esfera-al.html


Arthur/Gabriela MOVCC

infelizmente essa coisa de esconder, não é de hoje....

Edson, peço sua licença para fazer um comentário um pouco mais extenso.

Os adoradores do aborto entendem muito de farsa, disto podemos ter certeza.

- a farsa dos "milhões" de mulheres, pobres vítimas de aborto em clínicas clandestinas;

- a farsa do direito ao "corpo" da mulher, apesar de todo cientista na atualidade, com base no resultado do Projeto Genoma, saber com certeza que desde a concepção o feto já tem um DNA próprio, único, individual, com toda a mensagem genética disparada para o desenvolvimento desse ser humano já existente;

- a farsa hipócrita de afirmar não ser a favor do aborto, apenas de sua "descriminalização", como em acontecendo isso não se produzisse uma onda de abortos a céu aberto, sem uma única palavra contra desses hipócritas;

- a farsa das falsíssimas, extremamente cínicas e cretinas "católicas" (segundo elas) pelo "direito" (segundo elas) de "decidir" (matar seres humanos indefesos, segundo eu e qualquer outro que pense na dignidade do ser humano em primeiríssimo lugar);

- a farsa do debate que não existe, porque a imprensa é quase unanimemente a favor do aborto;

- a farsa de se invocar "democracia", "estado laico" e outras mais apenas para suprimir a possibilidade de uma instituiçao religiosa contrapor argumentos sólidos à pretensão de direito ao aborto;

- a farsa das expressões elaboradas para mascarar a face horrenda que o aborto denota na população, tipo "interrupção da gravidez" e agora "antecipação de parto";

- a farsa de um ministro (infelizmente) da saúde (?) vir a público defender que os "milhões" (vide farsa nº 1) de mulheres que morrem nas clínicas clandestinas (como é que ele sabe, hein?) são um problema de saúde pública, enquanto os verdadeiros problemas passam ao largo desse governo esquerdista nojento e desagregador.

Muito bom, sr.Edson. O sr reverteu a acusação de farsa, mostrando quem os farsantes acusaram os enganados. Esse é um comportamento comum da mentalidade do movimento revolucionário. Muito saudáveis e esclarecedoras suas reflexões! Parabéns