Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Defenda o PNDH III

Autor: Edson Oliveira   |   00:25   1 comentário

Fonte: Vanguarda Popular

1 comentários:

Melhor seria no caso uma analogia com o "Capeta" como déspota autor da censura!
A discusão sobre Hitler e o Nacional-Socialismo somente faz esquecer e menosprezar os crimes do comunismo.
Enquanto condenam-se Hitler e o Nacional-Socialismo, deixa-se de lado a análise e divulgação dos crimes Comunistas;Isto é uma estratégia comunista.
Convêm lembrar que somente por razão da espansão do comunismo na Europa é que regimes como o Nacional-Socialismo vieram a se firmar.
Convenhamos que os Nacional-Socialistas não eram santos mas serviram de bode espiatório para que enquanto se discutia a responsabilidade dos Nacional-Socialistas sobre crimes de guerra, a Rússia arrebatava boa parte da Europa, sem que a América ou a Inglaterra fizessem algo para impedi-los(estavam e estão infestadas de Comunistas, alguns deles Multimilionários).
A estratégia que perdura até hoje é a seguinte: "Falem que Hitler matou 6 milhões e não perceberão que matamos mais de 100 milhões, que estamos infiltrados no mundo inteiro e queremos matar muito mais e o que é pior tentaremos matar Deus na consciência das pessoas!(coisa até então inédita na história do mundo até o advento do Comunismo)"
Com relação a censura, o objetivo é torná-la maior do que já existiu até então e na possibilidade da República Universal, já anunciada há séculos pela Maçonaria(coisa que não é de conhecimento de todos eles), seria de forma absoluta esta censura.
Qualquer um, seja ele Brasileiro,Estrangeiro,Negro,Branco,Indio,Asiático,Muçulmano,Judeu,Cristão,Maçom( nem todos são revolucionários ateus) ou o que seja, mesmo sendo uma pessoa desprezivel, está em melhores condições espirituais do que um autêntico Comunista, porque todo Comunista é como seu Pai, um revoltado, revoltado como Satanás,contra o homem, a natureza ,contra Deus, contra ele mesmo (sem perceber) e preso por ele de forma particular.