Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, domingo, 31 de outubro de 2010

Luto

Autor: Edson Oliveira   |   22:06   8 comentários


Este blog está em luto por três dias.

São Paulo, sábado, 30 de outubro de 2010

Porque sou contra a Dilma - Para lembrar qual é o Governo do PT

Autor: Edson Oliveira   |   17:59   8 comentários

(Foto, Lula e seu aliado Ahmadinejad, ditador do Irã.)

Frederico Viotti

Para lembrar qual é o Governo do PT:

1) Aliado de Evo Morales, Chavez, Castro e do sistema nazista do Irã;

2) Negou pedido de asilo a dois cubanos que fugiram da ilha-prisão de Fidel Castro;

3) Aceitou o pedido de asilo de um terrorista italiano que matou inocentes na Itália e foi condenado por isso naquele país;

4) foi protagonista dos maiores escândalos de corrupção de nossa história recente;

5) Apoiou o projeto nuclear do Irã contrariando a própria ONU;

6) É cúmplice das invasões do MST, considerando-o um movimento social legítimo;

7) Acirrou divisões de raça no Brasil com a implantação do sistema de cotas na universidade e de Quilombolas;

8) Tentou (e continua tentando) criar uma luta de classes, colocando pobres contra ricos;

9) Interferiu em Honduras para manter um presidente socialista e corrupto contra a vontade dos hondurenhos;

10) Ameaçou re-estatizar a economia (cuja liberdade atual é, em grande parte, responsável pelo sucesso econômico que hoje celebram);

11) Foi o partido que criou o maior número de projetos de lei pró-aborto e casamento homossexual em nossa história...

12) Lançou o PNDH-3, que é um verdadeiro programa de perseguição religiosa, ameaçando de prisão quem for contra o homossexualismo;

13) Mandou confiscar folhetos que acusavam o PT de ser pró-aborto, como se isso fosse mentira, ameaçando a liberdade de expressão daqueles que não concordam com eles;

14) Aparelhou o Estado brasileiro criando milhares de cargos de comissão ocupados por petistas;

15) Até hoje não deram uma resposta satisfatória para a morte de Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André e membro do PT que foi assassinado em 2002, sendo que 7 testemunhas do crime também foram assassinadas posteriormente;

16) Um dia após as eleições de 1o Turno, quando o PT acreditava que ganharia as eleições, publicou, no Diário Oficial da União, a criação de um grupo de estudo para liberalizar o aborto no Brasil, ao mesmo tempo em que a candidata do PT negava querer liberar o aborto no país;

17) Concedeu vultosas indenizações a ex-militantes da esquerda revolucionária da década de 60 e 70, mas nega essas indenizações às famílias das vítimas desses "militantes";

18) Petistas quebraram o sigilo fiscal do jardineiro Francelino, em Brasília, que acusou outros petistas de terem recebido dinheiro de mensalão e de ligações com as FARCs;

19) O PT conseguiu decisão judiciária bloqueando o acesso ao processo que corre no STM contra sua candidata Dilma Roussef. Apesar dos processos serem públicos no Brasil, ninguém tem acesso ao processo contra a Dilma. Já, se fosse um processo contra um candidato da oposição...

20) Não há nenhuma informação sobre o que Dilma fez quando atuava na clandestinidade da luta armada, nenhum pedido de desculpas ou arrependimento, apenas silêncio;

21) O Governo do Brasil vê com bons olhos o aumento da presença iraniana e russa na Venezuela de Chávez, mas critica e combate publicamente a presença norte-americana na Colômbia;

22) Um Governo totalitário não precisa nascer totalitário. Ele se torna totalitário porque suas idéias são totalitárias. Fidel Castro defendia a democracia, Chávez também. O Nazismo venceu as eleições na Alemanha escondendo suas idéias. Todos os regimes instalados nesses países se julgavam bons e defendendo os menos favorecidos. Todos começaram a querer a perpetuação no Poder e passaram a perseguir seus opositores.

Por tudo isso (e por muitas outras razões), não posso votar na Dilma para Presidente do Brasil.

Leonardo Boff quer ver Bispos contrários ao PT na "cadeira de Galileu"

Autor: Edson Oliveira   |   12:26   5 comentários

(Foto: Leonardo Boff discursa em ato-pró-Dilma, 18/10/2010)

Em entrevista para o Los Angeles Times, Leonardo Boff conta à jornalista Paula Gobbi que em 1984 sentou-se "na mesma cadeira onde sentou Galileo Galilei e Giordano Bruno" e narra de maneira dramática como ocorreu, a seu ver, o "processo judicial junto a ex-Inquisição presidida pelo Cardeal J. Ratzinger".

"Sou profundamente pela liberdade de expressão em nome da qual fui punido com o 'silêncio obsequioso' pelas autoridades do Vaticano", disse em artigo de sua autoria para a Adital.

Recentemente, em vídeo gravado por um grupo de conservadores (vide abaixo), Leonardo Boff volta a falar em condenação na Instância Eclesiástica, mas agora não de modo crítico.

Para ele o "pequeno grupo de bispos conservadores e reacionários desobedeceram a determinação básica da CNBB, tomada universalmente, em maio, de que a Igreja como sempre não deve se meter em política, mas Ela tem uma função pedagógica de despertar a consciência e discutir os projetos e deixar em liberdade o voto. Porque o voto é uma questão de cidadania e liberdade. Esses [os bipos reacionários], não, eles colocaram o documento deles duma forma que quem o lê-se era a CNBB, quando era a CNBB na Seção sul 1 e era uma subseção da Sul 1. Fundamentalmente o bispo de Guarulhos em outros dois. Eu achei uma manipulação. Um crime eleitoral. E que deviam ser denunciados em duas instâncias, na Instância Eclesiástica e na Instância Civil."

Perguntado sobre o conteúdo do texto divulgado pelos bispos da Regional Sul 1, Boff respondeu que seu juízo não era pelo que o documento dizia, mas por "usarem a religião para efeito político partidário. Isso eu acho que é ilegítimo."

Recentemente outro bispo - será? - deve ter entrado na lista de condenações do Boff. Trata-se do Bispo de Caçador, SC, que divulgou uma carta em apoio a Dilma.

No final do vídeo, Boff começa a mudar de tom quando percebe que seus entrevistadores não pertenciam ao seu "mundo plural", mas pertenciam ao "submundo político" dos conservadores. Encerrou com uma boffetada na câmera que estava gravando.

Assim é o teólogo que na entrevista ao Los Angeles Times criticou o então Cardeal Ratzinger por não possuir "a cordialidade do pensamento que vai ao encontro do outro para também aprender."

São Paulo, sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Futuro do "submundo político"

Autor: Edson Oliveira   |   22:10   Seja o primeiro a comentar


Em um determinado país do mundo, na capital federal, um telefone toca.

- Alô, aqui é Jorjão, chefe nacional do Comitê de Salvação Pública, quem fala?

Uma voz grossa de tom feminino responde do outro lado:

- Aqui é a secretária-executiva do Ministério Paz e Cidadania de Investigação de Crimes do Submundo Político.

- Pois não, Sra. secretária-executiva, em que lhe posso ser útil.

- Pare com essas gentilezas burguesas. Como você sabe, camarada, tanto seu Comitê quanto o Ministério em que trabalho foram recém criados pela nossa grande presidenta. Salve, Dona Estefânia!


- Salve! - respondeu seu Jorjão em tom militar enquanto olhava para um grande quadro da presidenta Estefânia que alguns empregados do sindicato colocavam na parede do seu escritório.

- Precisamos começar os trabalhos, meu Ministério ficará encarregado de analisar seus relatórios e tomar as devidas providências. Como ainda não conseguimos, mesmo com grande apoio de nossas nações irmãs como Cuba, China, Coréia do Norte, Venezuela, Irã e Rússia, fazer aprovar na ONU nosso projeto de controle nacional da internet, você precisará dar um jeito de saber quem esteve por detrás dos crimes eleitorais de calúnias e boatos espalhados contra nossa grande presidenta durante as eleições. Não podemos permitir que o submundo político volte a tona.

- Claro, claro, - responde Jorjão, antigo agitador agrário, ex-líder dos Sem-Trevas - concordo perfeitamente, começarei de imediato.

- Está muito bem, beijos - despede-se a secretária tentando afinar a voz.

- Tchau!

Seu Jorjão, ou melhor, comandante Jorjão, como prefere ser chamado, ao desligar o telefone franze a testa, pois se lembra perfeitamente do rosto nada harmônico da tal secretária. - "Beijos", eca! - pensou ele.

No escritório, ainda não organizado, comandante Jorjão olha para o material que ele utilizará em seu relatório inicial.

- Bem, o que temos aqui? hãã, algumas edições da revista Olha, fitas de vídeo com pronunciamentos de bispos, padrecos e pastoretes. E essa fita aqui? Cadê as informações sobre ela? Há, tem um papel aqui mal grudado do outro lado dela. Esse pessoal é muito mão fechada, nem para comprar material decente. Bom, o que diz aqui: "Pronunciamento do Papa em 28 de outubro de 2010 - analizar para futuro processo na Corte Internacional por interferência na soberania bolivariana de nossa pátria".

Após ler sem perceber que "analisar" estava escrito errato, comandante Jorjão tenta com os dedos grudar novamente o papel na fita enquanto seus olhos vagueiam pela mesa onde encontra um documento intitulado "Instruções e lista dos principais Suspeitos - Ministério Paz e Cidadania de Investigação de Crimes do Submundo Político".

Seu Jorjão, ops, comandante Jorjão joga de lado a fita que segurava e começa a ler:

"Sr. Jorge Estrela Vermelha, o Ministério Paz e Cidadania de Investigação de Crimes do Submundo Político traz abaixo alguns pontos importantes para que seu trabalho tenha um melhor êxito.

"Primeiro leia com atenção a lista de blogs e sites que nossa equipe técnica preparou para sua investigação. Sua equipe precisa encontrar qual é o servidor que hospeda essas páginas e abrir uma reclamação formal da parte do Comitê. Caso o servidor prefira defender seu cliente e com isso se recusar a cumprir a nova lei contra Boatos e Calúnias, então faremos uma denúncia à Polícia Nacional Bolivariana de Controle Político. Mas aí já é conosco, o Sr. apenas deve colocar no seu relatório o que ocorreu.

"Lembre-se que seu Comitê tem total aval governamental para quebra de sigílo bancário, implantação de grampos telefônicos e abertura de qualquer correspondência postal.

"Outra tarefa importante é fazer pressão sob a empresa Gugou para que ela libere informações sobre quem são os responsáveis pelas publicações dos vídeos que incorreram no descumprimento da Lei contra Boatos e Calúnias que possui, por determinação presidencial, poder de aplicação retroativa."

Seu Jorjão, para a leitura. Nem sabe se "para" tem acento ou não conforme a nova gramática, quanto menos o que significa "retroativa". Mas isso não o incomoda mais que alguns instantes. Acredita ter entendido a ordem.

E assim se iniciou os trabalhos do Comitê de Salvação Pública.

São Paulo, quinta-feira, 28 de outubro de 2010

"Onda conservadora" - A força do Brasil real

Autor: Edson Oliveira   |   18:01   2 comentários

Hoje a Folha de São Paulo publicou uma matéria importante (aqui) que mostra como as reações sadias da nação podem colocar contra a parede e fazer recuar as forças revolucionárias em seus anseios anti-cristãos.

A "onda conservadora", conforme linguagem da feminista Rose Marie Muraro, tirou espaço no atual debate eleitoral da defesa intransigente da liberação do aborto. As feministas consideram que não é hora para o assunto e apoiam o "recuo", que julgo meramente retórico, de Dilma em relação ao tema.

Maria Laura Pinheiro, ex-secretária-adjunta da Secretaria de Políticas para as Mulheres e coordenadora da comissão tripartite que fez o projeto de lei, em 2005, da descriminalização do aborto, afirma que em período eleitoral esse assunto só é levantado por "quem quer queimar o movimento feminista". Deixando claro, com isso, que o eleitorado brasileiro não apóia essa bandeira feminista e que as iniciativas de projetos de lei para liberar o aborto são feitas sem respaldo popular.

A afirmação de Laura Pinheiro também nos revela que quanto mais silêncio sobre o assunto, tanto melhor para a causa abortista. É por isso que o "recuo" de Dilma as favorece, pois visa tentar tirar o tema do debate nacional nesse período de eleição.

Tática do "recuo" de Dilma explicado pelas feministas

A palavra recuo fica muito bem entre aspas, pois se trata mais de uma tergiversação do tema, uma mudança de foco e não de opinião.

Para Maria Lucia da Silveira, socióloga e militante da Marcha Mundial de Mulheres, pelo menos Dilma trata o aborto como questão de "saúde pública". "O correto é dizer sou contrário à criminalização. E é o que ela está falando", diz. 

Para Suely de Oliveira, colaboradora do programa de Dilma, cabe ao Congresso a discussão do tema. Dilma, por outro lado, como potencial gestora, deveria focar no atendimento a quem aborta.

O recuo, nesse caso, é uma mudança retórica para confundir o eleitor, mas assim só o fizeram porque se viram obrigados pela pressão da "onda conservadora".

O maior perigo para o Brasil: Congelar a onda

Conforme disse Rose Marie à Folha sobre a - controvertida - volta atrás da candidata petista: "entendo e faria a mesma coisa. Há oito anos [de governo] para isso, ou quatro que seja. Não é o fim do mundo".

A tentativa das feministas será em vão, sim, até o fim do mundo se não baixarmos a guarda. Como bem alertou Edmund Burke: "Para o triunfo do mal, basta que os bons não façam nada." A onda, por maior que seja, quando congelada, de nada é capaz. "Vigiai e orai" (Mt, 26, 41), que o Brasil não esqueça desse valioso conselho do Divino Mestre.

São Paulo, terça-feira, 26 de outubro de 2010

Quem está na foto? Participe, acerte e concorra a um prêmio!

Autor: Edson Oliveira   |   19:18   9 comentários

Será que algum dos leitores sabe quem está na foto acima?
_____________________________________

Acerte e concorra a um prêmio. Como funciona?

Este é o primeio de 25 posts da série "Quem está na foto?", quando a série acabar:

1) O leitor residente no Brasil que mais acertar ganhará de presente um exemplar do livro sobre o príncipe brasileiro "Dom Pedro Henrique, o Condestável das Saudades e da Esperança" (*) de Armando Alexandre dos Santos (figura da capa do livro ao lado).

2) Quem indicar as postagens desta série através de Blogs (não vale comentários em blogs), Facebook, Orkut, Twitter ou sites (e-mails não contam), ganhará um ponto por publicação (envie-nos um "comentário" com o link para conferirmos) e no final quem tiver mais pontos também ganhará um exemplar do livro.

São duas formas diferentes de concorrer.

A cada nova publicação, em geral semanalmente, será divulgada a resposta correta da foto anterior e o nome das pessoas que acertaram.

Todas as fotos serão de personalidades da nobreza. Em cada uma delas haverá detalhes que indicarão algo sobre a pessoa, como, por exemplo, na fotografia desta semana, as bandeiras.

Como participar? Cadastro no Blogger!

Não é necessário nenhum cadastro conosco. Apenas tenha uma conta no Blogger para podermos indentificá-lo. Respostas anônimas ou sem conta Blogger não serão aceitas como válidas. Do contrário, quando acabar, qualquer um poderá nos enviar um e-mail dizendo ser o vencedor.

Para responder, basta fazer um comentário na postagem da fotografia. A resposta do leitor, é claro, não será publicada até a postagem da próxima foto.

Na resposta, deverá conter o nome correto e o título de nobreza da pessoa fotografada.

No final da série de 25 fotos, quem tiver mais pontos por acerto ou indicação ganhará o prêmio.

Qualquer dúvida, me escrevam.

(*) Dom Pedro Henrique, o Condestável das Saudades e da Esperança: Edição restrita, de luxo, em papel de alta qualidade, com dezenas de fotografias, muitas das quais inteiramente inéditas.  É uma biografia completa do Príncipe, baseada em sólida documentação e revelando inúmeros fatos pouco conhecidos de sua vida. Seu papel na vida política do País; seu relacionamento com os monarquistas brasileiros; suas provações durante a Segunda Guerra Mundial; as dificuldades econômicas que precisou enfrentar ao longo da vida; suas atividades artísticas; o empenho que teve para, juntamente com sua digníssima Esposa, Princesa Da. Maria da Baviera de Orleans e Bragança, educar seus doze filhos como autênticos Príncipes brasileiros - tudo isso é exposto neste livro encantador, que se lê como um romance apaixonante.

São Paulo, segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Assassinos! Assassinos! - 10.000 pessoas protestam contra Congresso abortista em Sevilha

Autor: Edson Oliveira   |   21:39   6 comentários


“Assassinos! Assassinos! Assassinos!”, assim gritavam os manifestantes pró-vida em Sevilha, Espanha, no dia 23 de outubro, sempre que alguém entrava ou saía do hotel em que se realizava o “IX Congresso Internacional de Profissionais do Aborto e Contracepção”, conforme noticia o jornal de Madri, La Razón.

Em frente ao Hotel Meliá Sevilla, o movimento espanhol HazteOir organizou um protesto com mais de 10.000 pessoas contra o congresso que reuniu 600 “profissionais” de aborto de 48 países para compartilhar técnicas de matar bebês no ventre materno.

«Querem-se chamar profissionais de medicina», mas «sua função é acabar com uma vida», portanto, «são profissionais da morte», disse uma das organizadoras, Gádor Joya, realçando o dado de que o "negócio" do aborto «na Espanha fatura, por ano, declarados, mais de 50 milhões de euros».

De acordo com o site de HazteOir, o principal objetivo da manifestação foi para que Sevilha não ficasse marcada como capital mundial do aborto. E por isso adotaram como lema "Sevilha, capital da Vida".

O ato acabou com a leitura de um manifesto contra o financiamento das Administrações Públicas locais ao referido Congresso e por tê-lo considerado como de "interesse científico-sanitário", exigindo que as autoridades «deixem de financiar com nosso dinheiro a indústria do aborto», que se enriquece «à custa do sofrimento das mães».

São Paulo, domingo, 24 de outubro de 2010

Diálogo com os "movimentos sociais"... mas e com a oposição?

Autor: Edson Oliveira   |   23:57   8 comentários


Dilma disse em entrevista ao Jornal Nacional no dia 9 de agosto: "Nós, do governo Lula, somos eminentemente um governo do diálogo. Em relação aos movimentos sociais, você nunca vai ver o governo do presidente Lula tratando qualquer movimento social a cassetete. Primeiro nós negociamos, dialogamos. Agora, nós também sabemos fazer valer a nossa autoridade. Nada de ilegalidade nós compactuamos."

É muito fácil dialogar quando se tem interesse na causa que os tais "movimentos sociais" defendem. E o governo do PT (sim, é o PT quem governa o Brasil) tem se mostrado fiel a esse principio de diálogo mesmo quando se trata de movimentos que agem na ilegalidade como o MST.

Agora, a pergunta é: como os petistas tratam com movimentos (sim, sem aspas) que não rezam a cartilha socialista? Diálogo e sorriso?

Acho que não, pois nem com o PSDB, que também é um partido de esquerda, eles dialogam com cordialidade. Veja no vídeo abaixo como uma turma de petistas trataram o candidato José Serra no Rio de Janeiro. Observe a simpatia dialogante do presidente Lula e o gáudio dele quando pensa ter desvendado o mistério da "bola de papel". Parece até dossiê quando ele começa a citar o "envolvimento" do médico do Cesar Maia no assunto.


Certamente é como eles tratariam o MST. Ou não?

São Paulo, sábado, 23 de outubro de 2010

Censura à vista...

Autor: Edson Oliveira   |   23:10   1 comentário


Gabriel Ferreira

O Estado de São Paulo do dia 21 de outubro de 2010 (aqui), bem como o portal de notícias IG do mesmo dia (aqui) noticiaram que a censura à mídia já está começando no Ceará.

Por inspiração do Primeira Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), a Assembléia Legislativa do Ceará, na última terça feira, 19 de outubro de 2010, aprovou por unanimidade o chamado Conselho de Comunicação Social do Estado que é um projeto de autoria da deputada Rachel Marques (PT).

Algumas das resoluções aprovadas nesta Conferência que foi uma iniciativa do governo federal patrocinada pelo PT, visam estabelecer o controle dos meios de comunicação. Estas metas faziam parte do programa de governo da candidata petista à presidência Dilma Rousseff, mas, devido a reações, foram retiradas logo no início da campanha.

Sabe no que consiste esse “controle social”?

Segundo o projeto, o Conselho exercerá a função de “formular e acompanhar a execução da política estadual de comunicação, exercendo funções consultivas, normativas, fiscalizadoras e deliberativas”. O órgão também deverá “monitorar, receber denúncias e encaminhar parecer aos órgãos competentes sobre abusos e violações de direitos humanos nos veículos de comunicação no estado do Ceará”.

Não se sabia que havia tanta “violação dos direitos humanos” na mídia do Ceará, a ponto de ser necessário um órgão para “receber e encaminhar denúncias”... Mas o que será que isso quer dizer? No que consistem essas violações? Basta ver o que se considera “violação aos direitos humanos no PNDH-3.

Note-se de passagem que as principais organizações de comunicação do país, tais como a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Brasileira de Internet, a Associação Brasileira de TV por Assinatura, a Associação de Jornais e Revistas do Interior do Brasil, a Associação Nacional dos Editores de Revistas e a Associação Nacional de Jornais não tiveram participação na 1ª Confecom.

E isso não é boato. Veja neste link a íntegra do projeto.



Assim como você, muitos outros brasileiros estão se perguntando: Que controle é esse que irão fazer à mídia? Não é isso muito parecido com o que Chávez fez na Venezuela? Afinal, isso vai ficar só no Ceará, ou poderá se estender para todo o Brasil?

São Paulo, quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Em anexo um vírus! Ignorar?

Autor: Edson Oliveira   |   17:27   1 comentário

Ivan Rafael de Oliveira
(O autor é meu irmão, sim, e daí?)

Duas novas máquinas de falsificar a realidade foram desenvolvidas no Japão, elas prometem deformar virtualmente a cor e o sabor dos alimentos e mesmo produzir sensações de gosto e tatos. Elas foram apresentadas em dois artigos do portal de notícias Terra, nos dias 15 de setembro e 14 de outubro desse ano.

A primeira delas, já pronta e testada, é uma máquina de realidade virtual. Criada pelo professor Michitaka Hirose, da universidade de Tókio, foi apelidada de “Metacookie+”. É uma espécie de capacete que altera virtualmente a cor e o cheiro dos alimentos, isto é, quando o portador da máquina come um biscoito de um sabor, o aparelho capta a imagem e ilude a pessoa a enxergar e sentir o cheiro de um biscoito de outro sabor.


A outra máquina, ainda em desenvolvimento, trabalha impulsos elétricos aplicados diretamente no cérebro. Projetada pelo professor Adrian K. Cheok, da universidade de Keio, ela fará o organismo experimentar sensações de toque e gosto através de meios eletrônicos, como internet e celular. Cheok pretende com seu experimento dar as pessoas sensações de gostos de alimentos como pirulitos, vinhos, biscoitos etc. Mesmo abraços poderiam ser dados via internet e a uma mensagem de texto se acrescentaria um gosto, podendo ser doce ou amargo conforme o que combine.

As duas máquinas são alegadas como “bem intencionadas”. Por exemplo, dar possibilidades de experimentar comidas diversas e aumentar e melhorar o contato de pessoas distantes. Seriam até uns belos brinquedinhos novos para se divertir na internet, que poderiam mesmo servir de ajuda psicológica para diabéticos e pessoas com doenças de pele. Mas será que não poderia estar vindo em anexo a essa mensagem de esperança e progresso um efeito maléfico muito acima de qualquer um desses benefícios pretendidos?

Sarah Lacy, colunista do site Tech Crunch, alerta que essa tecnologia pode trazer sérias complicações, tanto éticas quanto legais. Para ela, é fácil pensar em coisas produtivas para se fazer, mas é também fácil pensar em coisas perigosas, principalmente se tratando da internet. Ela questiona “por que esperar que as coisas vão parar só no abraço?”. Lacy mostra preocupação, sobretudo com as crianças com acesso a internet, relembrando os casos de pedofilia cada vez mais constantes através das redes.

Aproveito para fazer algumas perguntas: Estariam realmente cientes das possibilidades de uso desses equipamentos aqueles que os estão desenvolvendo? Até onde chegariam as hipóteses de uso? Uma pessoa que porte os dois equipamentos ao mesmo tempo até que ponto poderá acreditar naquilo que vê? O que mais poderá ser criado de ilusão para os usuários? Para finalizar, estas máquinas não poderiam ser aplicadas como armas para controlar mentes?

Nátaly Dauer, colunista do site de tecnologia Geek, lembra que “toda nova tecnologia está sujeita a bons e maus usos, vide a física nuclear, responsável por incríveis avanços médicos e científicos, mas também pela bomba atômica.”

Lembro que o modo como os vírus entram em nossos computadores, são em sua maioria, através de falsas propagandas, que nos oferecem aquilo que nos atrai. Mas quando aceitamos a propaganda e se, pior ainda, ignoramos o aviso do nosso antivírus, aí já é tarde!

________________
Comentário deste blog:

Cabe lembrar aqui aos nossos queridos leitores, o que foi escrito pelo Professor Plinio Corrêa de Oliveira em seu livro "Revolução e Contra-Revolução" em 1959, os negritos e sublinhados são meus:

"A REDENÇÃO PELA CIÊNCIA E PELA TÉCNICA: A UTOPIA REVOLUCIONÁRIA

"De qualquer maneira, depositando toda a sua confiança no indivíduo considerado isoladamente, nas massas, ou no Estado, é no homem que a Revolução confia. Auto-suficiente pela ciência e pela técnica, pode ele resolver todos os seus problemas, eliminar a dor, a pobreza, a ignorância, a insegurança, enfim tudo aquilo a que chamamos efeito do pecado original ou atual.

"Um mundo em cujo seio as pátrias unificadas numa República Universal não sejam senão denominações geográficas, um mundo sem desigualdades sociais nem econômicas, dirigido pela ciência e pela técnica, pela propaganda e pela psicologia, para realizar, sem o sobrenatural, a felicidade definitiva do homem: eis a utopia para a qual a Revolução nos vai encaminhando.

"Nesse mundo, a Redenção de Nosso Senhor Jesus Cristo nada tem a fazer. Pois o homem terá superado o mal pela ciência e terá transformado a terra em um “céu” tecnicamente delicioso. E pelo prolongamento indefinido da vida esperará vencer um dia a morte." (Parte I, Capítulo XI, item 3)

São Paulo, terça-feira, 19 de outubro de 2010

Dilma parece pretender governar até Deus

Autor: Edson Oliveira   |   18:57   6 comentários

Domingo último, Dilma Rousseff afirmou que fará um governo “sobretudo para a pessoa humana” deixando entender que o céu não será a fronteira para o novo império do Socialismo Bolivariano do século XXI. Explico.

Durante o debate eleitoral promovido pela Folha e Rede TV no dia 17 de outubro, a candidata petista afirmou nas considerações finais que fará “um governo voltado para a pessoa humana, sobretudo para a pessoa humana, que será respeitada”. (Cfr. Aqui.)

Tem gente que quer falar bonito e não sabe o que diz, assim espero. “Pessoa humana” é uma expressão que tem sua origem na teologia católica e é usada para diferenciar os homens das “pessoas divinas”. Lembram-se das aulas de catecismo? A Santíssima Trindade é um só Deus em três Pessoas.

Para simplificar, todo ser racional é pessoa. Logo o Pai, o Filho e o Espírito Santo são Pessoas, Pessoas divinas. O homem também é um ser racional e por isso igualmente é chamado de pessoa, pessoa humana. A pedra, o cachorro, a árvore, etc - por mais que alguns eco-shiitas queiram - não são racionais, e portanto não se enquadram na definição de pessoa.

Para quem for ateu, torna-se um pleonasmo usar a expressão "pessoa humana", seria o mesmo que dizer "chuva molhada", "subir para cima" ou "pedra dura". Do contrário, é uma declaração inconsciente na existência de "pessoas divinas".

No caso da Dilma, parece que ela pretende governar também para as "Pessoas divinas", mas, não se espantem pela simplicidade, seu governo será "sobretudo para a pessoa humana". (O negrito e o sublinhado é meu).

São Paulo, segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Brasil: DataFolha registra maior taxa de rejeição ao aborto

Autor: Edson Oliveira   |   21:11   6 comentários

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, 11 de outubro de 2010, o Instituto de Pesquisa DataFolha, em consulta realizada na última segunda-feira em todo o país, indicou que 71 % dos brasileiros se declaram contra a descriminalização do aborto.

O índice de rejeição é o mais alto registrado pelo DataFolha em 17 anos de pesquisa sobre o tema. O resultado mostra que apenas 7% dos entrevistados apóiam a total legalização do aborto e somente 11% defendem a ampliação das hipóteses em que a prática não é penalizada pelo Código Penal.

Durante o governo Lula, assistimos espantados à sanha da base governamental em tentar descriminalizar o aborto por considerar este um problema de “saúde pública” sem se importar com os anseios do povo brasileiro e muito menos com a moral. A expressiva polarização contra o aborto demonstra o lado sadio da opinião pública que deve ser levada em consideração por qualquer político que se intitule democrático.

Na figura abaixo, o leitor pode acompanhar o gráfico histórico das pesquisas do DataFolha sobre o tema:

São Paulo, sábado, 16 de outubro de 2010

Dilma e a baleia recordista causam surpresa

Autor: Edson Oliveira   |   11:18   10 comentários

Ivan Rafael de Oliveira

Agência Estado publicou duas noticias no dia 13 de outubro último que retratam recordes de distância percorrida: Dilma Rousseff e uma baleia Jubarte causaram surpresa ao reaparecerem cada vez mais longe de onde se esperava encontrá-las.

Quanto à baleia, percorreu quase 10 mil quilômetros desde as costas brasileiras até a ilha de Madagascar, na costa leste da África, durante um período de quase onze anos. Já Dilma em muito menos tempo, desde 2007 para cá, vem paulatinamente mudando de argumentação. Até o presidente Lula tem se referido às antigas opiniões da candidata petista como maléficos boatos.

Num encontro com mais de 50 lideranças de igrejas evangélicas brasileiras, Dilma, firmou um compromisso de não apoiar o projeto de legalização do aborto, nem da união civil entre homossexuais e manter a liberdade religiosa no País. Mais ainda, segundo um dos participantes, ela afirmou que para ser eleita precisará de Deus, em primeiro lugar, e dos votos dos brasileiros, em segundo.

De acordo com outra testemunha , o pastor Evanir Moura, da Federação Evangélica de Santa Catarina, serão divulgados dois manifestos. Dos quais, o primeiro da parte dos líderes evangélicos em apoio a Dilma, e o segundo da candidata, se comprometendo a cumprir os pontos acordados no encontro.

No histórico da Jubarte, ela foi fotografada pela primeira vez no arquipélago de Abrólhos em 1999, depois em 2001 perto da ilha Sainte Marie, no oceano Indico, e agora por último em Madagascar. Também a nossa candidata em sua jornada teve seus momentos de emergir do oceano político para registrar suas ideias na linha moral e religiosa. Em 2007 a petista declarou à Folha ter dúvidas sobre a existência de Deus. Em 2009, à revista Marie Claire, disse que não praticava religião alguma. Em fevereiro de 2010 confirmou à revista Época que ainda não tinha religião, mas que respeitava. Chegando em Maio, à Isto É, deu um salto dizendo que era antes de tudo cristã, e que em segundo plano é católica. Nos últimos dias não tem faltado declarações de sua catolicidade e sua predileção à Nossa Senhora, incluindo sua visita ao Santuário de Aparecida.

Quem sabe se ainda um dia não teremos aqui no Brasil uma nova visita da cetácea recordista? É uma hipótese à longo prazo, uma vez que ela está tão longe. Já a nossa ex-guerrilheira parece que não teria tanta dificuldade em retroceder se for necessário, uma vez que até agora ainda ninguém acreditou que esse oceano tenha sido realmente percorrido.

São Paulo, quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Charge: Novos métodos de campanha de Serra e Dilma

Autor: Edson Oliveira   |   10:54   7 comentários

A Folha de São Paulo publicou hoje uma charge retratando, a seu ver, o novo estilo de se apresentar ao público dos candidatos à presidência da república.

Com o título de "Novos Cristãos", a charge mostra Dilma como uma católica piedosa, usando saia, de mãos postas e ajoelhada rezando diante do altar. Já Serra está com terno e gravata, bradando com um megafone e segurando um estandarte que bem faz lembrar as campanhas da TFP.


Fonte: Folha de São Paulo

São Paulo, terça-feira, 12 de outubro de 2010

Le château du Jaglu e seus patinhos

Autor: Edson Oliveira   |   15:59   4 comentários

(Clique nas fotos para vê-las em alta resolução)

Le château

Os patos

...








Cansei

São Paulo, domingo, 10 de outubro de 2010

Arcebispo da Paraíba denuncia metas do PT: "Não podemos ficar calados"

Autor: Edson Oliveira   |   21:43   8 comentários

Em vídeo, Dom Aldo Pagotto, arcebispo da Paraíba, denuncia o programa político do Partido dos Trabalhadores.

Ao se referir sobre a tentativa petista de desmentir os pronunciamentos de Dilma apoiando a legalização do aborto, Dom Pagotto comenta: "Não posso como pastor compactuar com esse trabalho de desinformação e de manipulação das consciências (...) Quando os representantes do governo se expressam, em caso pensado, dessa maneira, não existe mais credibilidade para suas afirmações. A experiência política e a História advertem que quando a democracia se converte nesse tipo de demagogia para ganhar voto já é a ditadura que está no horizonte. (...)

"Não podemos ficar calados! (...) Estamos diante de um partido que está institucionalmente comprometido com a instalação da cultura do morte em nosso país, que proíbem seus membros de seguirem suas próprias consciências, que se utiliza calculadamente da mentira para enganar eleitores sobre seus verdadeiros projetos para a nação. (...) Não podemos nos calar!"

Assista na íntegra o pronunciamento de Dom Aldo Pagotto:

São Paulo, sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Para quem ainda não sabe: Tudo sobre o PNDH-3

Autor: Edson Oliveira   |   10:41   1 comentário

Tudo sobre o PNDH-3
Programa Nacional de PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA sob Pretexto de Direitos Humanos

São Paulo, quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Charge: Resultado geral das eleições no Brasil

Autor: Edson Oliveira   |   14:48   Seja o primeiro a comentar

São Paulo, quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Primeiro bafo do chavismo no Brasil: membros do PC do B invadiram rádio que denunciava esquema de corrupção de candidato do partido

Autor: Edson Oliveira   |   17:24   2 comentários


Ouça o trecho da invasão no final do artigo.

Um dia depois das eleições, manifestantes do PC do B comemoraram a vitória eleitoral de Edson Pimenta, candidato a deputado estadual do mesmo partido (foto acima), fazendo um protesto diante da emissora de rádio Brilhante FM, em Morro do Chapéu, na Bahia, que denunciava esquemas de corrupção de Pimenta.

A emissora foi cercada por mais de 100 manifestantes e sete deles invadiram a rádio, danificaram alguns objetos e agrediram quatro locutores, uma diretora e um técnico. Três dos baderneiros foram presos e liberados logo em seguida. De acordo com a delegada Lúcia, os sete responderão judicialmente por agressão. O deputado negou qualquer envolvimento com os protestos.

Os acusados se defenderam alegando que o motivo do crime seria a "revolta da população" com a emissora por "tratar de questões políticas de forma errada".

"Justiça popular", bolivarianismo, piqueteiros, soviets... comunismo... Venezuela... chavismo... PN... PDH... . PND o que mesmo? Ah, PNDH 3. São termos que me vem à memória.

Será esse um caso esporádico ou um futuro sinistro se aproxima do Brasil?

Pode ser mera coincidência, mas o pleito eleitoral do segundo turno está marcado para o assim considerado dia das bruxas. São Miguel, rogai por nós!!!


A invasão se deu durante uma transmissão normal da rádio e parte dela foi gravada. Ouça o trecho da invasão:

Aborto: recuo retórico de Dilma

Autor: Edson Oliveira   |   16:00   Seja o primeiro a comentar

Segundo o jornal O Estado de São Paulo de 30 de setembro de 2010, a candidata petista à presidência da república Dilma Rousseff procurou, em discursos recentes, dissimular sua posição sobre a descriminalização do aborto.

Dilma esteve dias antes das eleições com padres e líderes protestantes, em Brasília, onde buscou "negar" seus antigos pronunciamentos favoráveis a liberalização do aborto. Já no mês passado a candidata publicou um texto intitulado "Carta ao povo de Deus" em que manifestou uma posição imprecisa - e quão precisa! - sobre o tema ao deixar para o Congresso Nacional a tarefa  de encontrar o "ponto de equilíbrio" nos projetos que envolverem questões morais como o aborto e o "casamento" de homossexuais.

Neste encontro em Brasília, Dilma afirmou que se eleita não enviará ao Congresso qualquer projeto que "vise ampliar a cobertura do Estado para os casos de aborto", sem nada dizer se vetará leis abortistas caso aprovadas no Senado. A candidata que diz ser católica e "a favor da vida", considerou o aborto como uma questão de "saúde pública", embora pessoalmente se posicionou contrária à prática.

Os atuais pronunciamentos de Dilma não trazem, na verdade, nenhuma novidade, apenas foram amenizados para confundirem o leitor. O próprio jornal O Estado de São Paulo transcreve algumas afirmações antigas dela em que, por exemplo, no ano passado, disse que duvidava que alguém se sentisse confortável em fazer um aborto, mas que isso "não pode ser justificativa para que não haja a legalização. O aborto é uma questão de saúde pública".

Afirmar ser "pessoalmente" contra o aborto é uma maneira política de dizer que enquanto chefe da nação não dependerá de suas convicções próprias para tomar as decisões que envolvam a "saúde pública".

Se Dilma recuou em matéria de aborto, foi apenas retoricamente.