Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, quinta-feira, 28 de abril de 2011

Enquete: No Brasil os pais deveriam ter o direito de não matricular seus filhos em escolas e educá-los em casa?

Autor: Edson Oliveira   |   23:52   3 comentários

Além da superficialidade intelectual e da péssima qualidade do método de ensino, o ambiente escolar no Brasil muitas vezes se presta à iniciação de nossas crianças no mundo das drogas e da imoralidade. Para piorar, o Ministério da Educação visa estimular o homossexualismo nas salas de aula com o assim chamado “Kit anti-homofobia”.

Devido a esse avanço para o abismo, muitos pais estão preocupados com a educação de seus filhos e não querem mais vê-los obrigados a frequentar tal ambiente. Nos EUA, há mais de um milhão de adeptos do denominado homeschooling, ou seja, do ensino domiciliar. Educados em casa, os filhos são obrigados, todo final de ano, a fazer uma prova em uma escola do governo, e geralmente obtêm melhores notas do que os alunos das escolas convencionais.


No Brasil, para o Conselho Tutelar, o homeschooling trata-se de um delito: “evasão escolar”. Mas este ano uma brecha abriu-se na cidade de Maringá. Com o apoio do Ministério Público, uma família conseguiu aval judicial para educar seus filhos em casa (clique aqui para mais detalhes).

E para você, leitor, no Brasil deveria ser regulamentado e permitido aos pais educarem seus filhos em casa?


3 comentários:

Esse assunto n tenho opinião, n consigo me decidir.

Que o ensino nas escolas públicas são um lixo sabemos, mas fico pensando que essa situação é mais pra rico. Pobre no Brasil n tem capacidade de formar intelectualmente seus filhos, exemplo disso é o comportamento dos jovens, sem limites e o mínimo de noção.

Temo uma legião de gente esnobe e fechada nos próprios muros. Introspectivos e com ausência de amigos.

É verdade Ana. Educar os filhos em casa tem custo. Mas, como mãe, pense nas mães como você que tem essa condição e não podem dar um melhor estudo - especialmente considerando o ambiente moral - por restrição legislativa.

Não penso que essas mães, pelo simples fato de terem dinheiro, devem ser obrigadas a colocarem seus filhos nos mesmos ambientes que eu frequentei por ser pobre.

Detalhe, uma mãe que tem dinheiro n coloca seu filho em escola pública! Rico paga escola, escola pública é para pobre. Há uma opção menos pior que são as escolas da prefeitura, ao menos em São José dos Campos são melhorzinhas.

Aqui tem uma escola "católica", freira sem hábito e padre sem batina, pobre só entra ali para lavar banheiro.

Entendo que n deveriam obrigar a matricular.
Mas eu n sei se seria bom para a criança ficar longe de outras crianças. No meu caso: Hudson têm 5 anos, é filho único e único neto nessa idade das duas famílias - chegaram mais dois e são bebês -, n deixo brincar na rua, que contato ele teria com outra criança se n fosse na escola?