Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, segunda-feira, 30 de maio de 2011

Senadores pedem ao Ministério Público que recolha o "Quiti Inguinoranssa"

Autor: Edson Oliveira   |   19:34   1 comentário


Além de ensinar através do livro "Por uma vida melhor", de autoria de Heloísa Helena, que a frase "os menino" pode ser mais "adequada" ao falar, o "Quiti Inguinoranssa" do MEC vai ser complementado por mais dois livros intitulados História em documentos e História e Vida Integrada para o 9º ano do ensino fundamental. As obras possuem um conteúdo político-partidário bem definido, nelas não faltam criticas ao governo FHC e elogios ao período Lula.

Na opinião deste blog, o "quiti" do MEC segue uma linha muito lógica, não concorda?

Diante desse devaneio todo - não tanto que seja um devaneio criticar FHC, mas, sim, elogiar o governo Lula - o "Quiti Inguinoranssa" encontrou agora reações dentro do Senado.

No dia 25 de maio, os senadores Alvaro Dias e Cyro Miranda protocolaram uma representação na Procuradoria-Geral da República pedindo que o "Ministério Público tome medidas administrativas e judiciais em relação às denúncias sobre o material didático adotado pelo Ministério da Educação", escreveu Alvaro Dias em seu blog.

Nessa representação, os parlamentares pedem:

1) O ajuizamento de Ação Civil Pública pelos atos praticados pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, com ação cautelar para suspender a prática dos atos lesivos;

2) A promoção das medidas administrativas e judiciais cabíveis ao Ministério Público Federal para obrigar o imediato recolhimento do material didático com os erros apontados e sua substituição;

3) Todas as demais medidas administrativas e judiciais, inclusive as medidas acautelatórias que se façam necessárias, para assegurar a integridade intelectual dos alunos ameaçada pelo uso do referido material didático.

Que Nossa Senhora Aparecida proteja nossas crianças!

1 comentários:

Ô jenti, oçêis pára de magá di ieu, hein? ieu num falu erradu, minha feçora dissi qui ieu falu inadequadu! Quem fala certim é burguêis isploradô di nóis! ieu sô inguinoranti, i daí?! Minha feçora falô tamém quieu poss'proçeçá ocêis pur DISCRIMINAÇÃ e INSTIGUIMATIZAÇÃ di anóis! I si ieu casá co'ua fia di oçêis, oçêis vão ingeitá us netim quiá jenti vai fazê?! ieu proçeçoçêis! Cuidad'cumigo! Ôçêis num sabi doncovim, oncotô i nem proncovô, intão puiquê tão mangan' di ieu?! Ieu nmu sô burguêis isploradô das maça! As maça fala açim mesmu, i noís somu maioria agora, cuidad' co'a jenti!