Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, sábado, 15 de outubro de 2011

Avenir de la Culture pressiona autoridades francesas contra peça teatral blasfema

Autor: Edson Oliveira   |   11:46   Seja o primeiro a comentar

Avenir de la Culture, França, Blasfêmia, Cristofobia, Cristianofobia A associação Avenir de la Culture convidou seus aderentes para enviar um cartão vermelho ao Ministro da Cultura e aos prefeitos de Paris e Toulouse, em protesto pelo apoio a uma peça de teatro blasfema onde Nosso Senhor é sujeito a ultrajes dos mais dolorosos. Foram recolhidos 7.039 cartões.

(Foto ao lado: A secretária geral de Avenir de la Culture, seu advogado e um grupo de 12 habitantes de Toulouse entregam os cartões vermelhos à prefeitura da cidade)

De acordo com o comunicado publicado ontem no site da entidade, no Festival de Outono, em Paris, e no teatro Garrone, em Toulouse, serão apresentados a obra teatral intitulada "GOLGOTHA PICNIC" em que Nosso Senhor é "comparado a um terrorista e insultado com grosserias impossíveis de se reproduzir aqui".

O título já nos mostra a abordagem sarcástica à Paixão de Cristo. As cenas da peça fazem o grotesco pacto entre o ódio ao cristianismo e a obsessão sexual para corromper o que resta de dignidade e moralidade na cultura francesa.

Este "espetáculo", que une a obscenidade, pornografia e blasfêmia, é patrocinado pelo Ministério da Cultura e pela prefeitura de Paris! "Essa peça teatral revela o nível em que alguns políticos têm colocado nossa cultura, outrora uma das glórias da França", lamenta o comunicado.

O cartão vermelho solicita o cancelamento dessa obra "vulgar sórdida, imoral e insultuosa à memória de Jesus Cristo".

Cartões vermelhos, Avenir de la Culture, França, Blasfêmia, Cristofobia, CristianofobiaO arcebispo de Toulouse, Mons. Robert Jean Louis Le Gall, tomou posição: « o tom da peça, que suscitou fortes reprovações na Espanha, é resolutamente anticristã e blasfema. Eu me solidarizo com a indignação exprimida por numerosas pessoas (...)»

Na semana passada, 5.000 cartões foram entregues à prefeitura de Paris e, no último dia 13 de outubro, com o número aumentado para 7.039 cartões, também enviados à prefeitura de Toulouse.

0 comentários: