Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, segunda-feira, 15 de abril de 2013

A missão católica na América, analisada pelo Presidente Teodoro Roosevelt

Autor: Edson Oliveira   |   10:59   5 comentários

Teodoro Roosevelt
Teodoro Roosevelt
A fé católica inspirou aquela esplêndida floração do tempo dos Reis Católicos, de energias intelectuais e morais mais exuberantes que as dos bosques virgens desta América.

Daqueles frutos sazonados do século do ouro espanhol ela criou o caráter hispano, robusto e viril, nobre e generoso, grave e valente até a temeridade; os sentimentos cavalheirescos daquela raça potente de heróis, sábios, santos e guerreiros, que nos parecem hoje legendários; daqueles corações indomáveis, daquelas vontades de ferro, daqueles aventureiros nobres e plebeus que, com pobres barcos de madeira, corriam a dobrar a terra e alargar o espaço, limitando esfericamente o Globo e completando o Planeta e abrindo, através do Atlântico, novos céus e novas terras.

Ela moveu a essa raça espanhola , que fez o que nenhum outro povo fez: descobrir um mundo e oferecê-lo a Deus, que o concedeu.

Foi um padre espanhol, o Pe. Las Casas, o que inspirou a “Lei das Índias”, tão paternais para que os espanhóis, com a transfusão de seu sangue, de sua vida e de sua fé, implantassem em nosso solo uma civilização muito distinta da de outros povos conquistadores, mais humanitária que a que mata ou escraviza raças, como o têm feito os franceses e os ingleses e nós mesmos com os índios na América do Norte.

(Trecho de discurso do Presidente americano Theodore Roosevelt em Baltimore, 1902 – transcrito e traduzido da edição espanhola da Enciclopédia ESPASA CALPE, vol. 52, p. 280)

5 comentários:

Esse judeu falava bem.Esqueceu de falar que os judeus matam e escravizam os povos e não os franceses e ingleses como eles querem fazer acreditar.Lembrar que os EUA, influenciados pelos judeus, roubaram o méxico em guerras coloniais prejudicando sempre os católicos e evangélicos,ajudando os falsos cristãos judaizados financiados por rothschild.
Roosevelt era um judeuzão e com nome falso.
Roosevelt idiota, falou mal dos franceses católicos, dos ingleses anglicanos e dos americanos protestantes que ele acusou de ter exterminado os indios.
O judeu é o inimigo de sempre, não é mais o povo eleito, é o povo genocida,deicida, assassino de Cristo que não foi assassinado pelos romanos e sim pelos hipócritas judeus antisemitas.
Israel é a nova ordem e israel é o anticristo.
Plinio Corrêa de Oliveira não sabia que foi após o concílio vaticano II que na teologia católica os judeus deixaram de ser chamados deicidas?
Abaixo o Vaticano II só no que for interessante para os plinianos?
Ou abaixo o Vaticano II e abaixo os judeus deicidas também,isso é o que deve ser lembrado para se defender de verdade a fé católica, a fé evangélica, a fé cristã.O que se fala ,se recita no rito extraordinário verdadeiro?
DEICÍDIO: A morte infligida a um deus;A morte que os judeus deram a Cristo.
Onde os seguidores do Dr.Plínio estão lembrando esta verdade fundamental da fé cristã ou a quem estão tentando agradar, os americanos, porque? os israelenses, porque?
Que dizer agora dos Jesuítas que o Dr.Plínio conhecia tão bem, agora fizeram um Papa, que dirão os judeus agora dos jesuítas, jesuítas que tanto caluniaram e caluniam?
Um Papa Jesuíta e Franciscano!
Não venham com essa desculpa de botarem a culpa sempre no comunismo não, quem matou Jesus?Os judeus.Judeus como Roosevelt que caluniaram e caluniam os Espanhóis e os Jesuítas e Santo Inácio de Loyola que era espanhol e que tanto lutou com sua ordem contra a infiltração judaica na cristandade, como também lutou Lutero, como lutaram os patriarcas orientais, os reis católicos e ortodoxos e tantos outros, visto que os judeus são os inimigos de todos os homens, inimigos dos fundadores dos Estados Unidos da América, inimigos dos socialistas e dos capitalistas, dos católicos e dos ortodoxos e luteranos e evangélicos, dos budistas e dos muçulmanos.
E Roosevelt...baaahhh!

Esqueci de dizer que Leon Czolgosz, um falso anarquista, instigado pela judia e falsa anarquista Emma Goldman, matou o presidente americano William Mckinley para que o falso capitalista e judeu Theodore Roosevelt assumisse a presidência dos EUA e pudesse dar continuidade ao plano judeu de domínio mundial de acordo com planos em parte contidos nos Protocolos dos Sábios de Sião,planos que são mais antigos que os protocolos e de conhecimento dos antigos defensores da fé, inclusive dos Jesuítas e algumas sociedades secretas.
Porque os Conservadores não falam sobre isso?
Porque o grupo Fundadores não fala sobre isso?

Você quer que outros falem sobre temas que você só tem coragem de tratar escondendo-se atrás de um anonimato?

Por que você não faz um blog e divulga suas ideias ao invés de exigir dos outros?

Caro Edson Oliveira, se vc não tem argumentos contra as postagens acima, ou então não trolle.

Diga-me uma coisa. Você é contra Theodore Roosevelt ou contra o que ele disse nesse post publicado?