Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, quinta-feira, 6 de junho de 2013

Quero meu país de volta

Autor: Edson Oliveira   |   10:48   8 comentários


Segue abaixo uma carta publicada no jornal de Piracibada (1/6/2013).

***

Quero meu país de volta. Aquele país dos anos 60/70, quando nós, os filhos, respeitávamos os nossos pais e eles, por sua vez, sabiam nos impor limites.

Quero de volta aquele meu país onde nós respeitávamos os professores e esses nos ensinavam matérias curriculares, mas também nos davam exemplos de ética, moralidade e cidadania.

Quero de volta o meu país, aquele no qual eu andava tranquilo pelas ruas sem medo de ser assaltado, assassinado ou atropelado por motoristas bêbados.

Quero, sim, aquele meu país de volta, no qual traficantes não mandavam fechar comércio e nem desfilavam tranquilamente pelas ruas, e no qual não havia as cracolândias e esse número imenso de viciados em drogas.

Quero o meu país de volta, onde as pessoas que tinham opções sexuais voltadas à homossexualidade eram discretas, respeitavam as outras pessoas e não se exibiam acintosamente e agressivamente.

Quero meu país de volta, aquele em que as novelas não exibiam pornografia e nem estimulavam a homossexualidade em seus enredos.

Quero meu país de volta, aquele em que a quantidade de homens probos superavam em imensa maioria os desonestos e sem caráter.

Nei Silveira de Almeida, aposentado.

8 comentários:

Muito bom Sr. Edson. Parabéns pela postagem

Parabéns , Sr. Nei, pelas palavras que nos remeteram a uma realidade que não se vê mais nos dias de hj. Lamentavelmente os nossos jovens não tiveram o privilégio de conhecer este Brasil onde o certo e o erredo eram definidos pela ética e a moral cristã. Estão saqueando o nosso país em suas riquezas, retiranddo das crianças e jovens a oportunidade de serem cidadãos íntegros com uma inversão de valores tão grande que chega a assustar. Os bandidos têm todos os direitos e o homem de bem nenhum. Sinto mto que o futuro desta nação tão rica esteja fadada a servir os interesses ideológicos de um partido que não vai descansar enquanto não alcançar os seus objetivos: implantar uma "ditadura" comunista em toda América Latina. Espero não assistir isso.

...respeitávamos os nossos pais e eles, por sua vez, sabiam nos impor limites."
Sabiam impor os limites! Eis a questão, parece que ninguém mais sabe impor limite de nada. Excelente reflexão, - parabéns! mesmo assim, provavelmente e lamentavelmente, a vossa reflexão vai ser lida, entendida e elogiada somente pelos aposentados.

Outras coisas mudaram para melhor. Ponto. Não adianta ficar querendo que outra época volte, pois ela não voltará. É necessário viver com as pessoas com quem Deus nos faz viver! O mundo de hoje é nosso mundo. Não vivemos em um mundo imaginário. Vivemos no mundo real.

Thiago, mas você não acha que ao menos vale a pena lutar pela restauração desses valores de que o Nei Silveira diz querer de volta?

Não me parece que o autor (Nei) se iluda com um mundo imaginário, mas é exatamente por se ver diante da crise desse mundo atual que ele quer o retorno de antigos valores.

Viver com pessoas de nosso mundo e ver que nele ainda resta coisas boas não justifica a aceitação do homossexualismo, do desrespeito aos pais, dos assaltos, do assassinatos, dos irresponsáveis no trânsito, das novelas pornográficas e das demais coisas citadas pelo Nei.

Seu comentário é meio estranho e parece justificar o que há de errado em nosso mundo sob o pretexto de que nele também se encontram coisas boas.

Isto está no site dos bispos canadenses (Development and Peace) que financiam o MST
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

MST, which is a movement of landless Brazilians dispossessed of their land, is one of the largest social movements in Latin America. Over the last 20 years, its members have gained access to 25 million hectares of land - a landmass equivalent to England, Scotland, Wales and Northern Ireland combined.
However, MST continues to push for agricultural reform in Brazil, because farmland in still concentrated in the hands of a few. In fact, almost half of arable farmland is controlled by only 1.6 percent of owners.
But land reform is only one part of MST’s dream. Little by little, the organization is sowing the seeds of a Brazil where land is in the hands of those who cultivate it; a nation of equality where oppression and slavery have been uprooted; and a nation where agriculture respects the cycles of nature and responds to people’s needs. Already, its members have created agricultural cooperatives, built houses, schools and private hospitals, and have ensured a safe food supply for more than 350,000 families.

O sr. Nei tem toda a razão, precisamos restaurar a nossa sociedade, a questão nem é trazer de volta valores antigos, mas exigirmos ao menos o mínimo de educação das pessoas hoje em dia, traze-las para a vida real, existe uma frouxidão irritante e que inibe os bons pais de exercer seu poder de pai, difícil explicar.... mas eu sinto o mesmo que sente o Nei, uma descrença muito grande na sociedade atual.

então, sem fazer comentários, pois todas as pessoas inteligentes desse pais estão vendo o que esses comunistas vagabundos do PT estão fazendo com esse pais. O Lula, Dilma, José Dirceu, tinham que ser executados no regime militar.