Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, sábado, 31 de maio de 2008

Pesquisa com células-tronco embrionárias é a porta de entrada do aborto no Brasil

Autor: Edson Oliveira   |   15:10   2 comentários

Recebi vários e-mails reclamando de minha posição contrária a pesquisas com células-tronco embrionárias.

Diziam que o assunto não tinha nenhuma relação com o aborto e, por isso, minha visão era distorcida da realidade, pois o STF apenas autorizaria a pesquisa com seres-humanos em estado embrionário congelados a mais de três anos e que seriam "jogados no lixo".

Em primeiro lugar, vejo que há pessoas no mundo hodierno capazes de possuir uma frieza de alma que surpreende, cuja alma se encontra congelada bem mais de três anos.

Depois, minha visão não era distorcida coisa nenhuma! O blog Josias de Souza publicou hoje que o ministro Marco Aurélio Mello resolveu tirar da gaveta o processo que libera o aborto de fetos anencéfalos. Assim diz a publicação:

"Em 1º de julho de 2004, numa decisão liminar (provisória), Marco Aurélio liberara a remoção do feto nesses casos.

"Três meses depois, porém, o plenário do Supremo derrubou a liminar. Deu-se por maioria de votos –sete a quatro.

"O STF ainda precisa julgar o mérito do processo. Poderia tê-lo feito a mais tempo. Mas, sentindo o cheiro de queimado, Marco Aurélio achou melhor dar refúgio à causa em sua gaveta".
O que fez o ministro tomar coragem para colocar novamente o processo em julgamento?

O próprio ministro respondeu ao blog acima referido: “Agora, creio que o Supremo já está maduro para tratar da matéria. Já temos clima para julgar e, creio, autorizar a interrupção da gravidez de anencéfalos.”.

Por que ele sente o clima favorável?

“O julgamento do processo das células-tronco embrionárias aplainou o terreno.”, relatou o ministro a mesma fonte informada.

Qual o próximo passo?

“(...) um julgamento sobre o aborto”.

Confira os detalhes no blog Josias de Souza.

Para ter mais detalhes sobre os fetos anencéfalos, acesse:
Pró-Vida de Anápolis

2 comentários:

Lendo a nota postada no Blog do Josias sobre o Exmo. Ministro Marco Aurelio, primo de Collor de Mello, verifiquei que de fato o Ministro é favorável ao "direito da mulher de interromper a gravidez" (eufemismo jurídico para o aborto)quando tenha filho anencéfalo. Bem intencionado. Visão progressista do direito. Azar dos fetos e embriões humanos! Dr. Mengele, falecido em Bertioga (1979), se estivesse vivo lhe enviaria calorosos cumprimentos, em nome da Ciência e do Direito.

Urge a presença de conservadores,
trabalhando em cargos públicos.