Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Terrorismo de blasfêmias

Autor: Edson Oliveira   |   12:04   1 comentário

A Revolução Cultural segue, através de seus fundamentalistas, jogando seus aviões de blasfêmias contra os edifícios das convicções católicas.

Desta vez foi no Chile, onde ocorreu o evento denominado “Vírgenes Fashion Show”. Trata-se de uma profanação em que mulheres seminuas, representando Nossa Senhora, desfilaram em uma passarela de "modas".

Cabe lembrar a condenação que Nossa Senhora em Fátima fez, em 1917, às modas imorais. Agora, estas modas muito mais imorais que as daquela época - e que foram ganhando cada vez mais espaço no decorrer do tempo nos lares católicos - são utilizadas contra a própria Nossa Senhora.

É lamentável constatar a inércia de muitos católicos perante estes atos de terrorismo à Fé católica. Mais ainda, o quanto dói dizer da "reação" dialogante do episcopado chileno, mais preocupado em debater a "livre expressão" no estado de direito do que conclamar os católicos para, por exemplo, vigílias diante do Santíssimo Sacramento como forma de reparação dessa grave ofensa: “Nuestra palabra no es una palabra de condenación ni de censura: es una posibilidad que tenemos de expresar nuestro gran amor a la Virgen María y pedir que podamos debatir acerca de lo que es efectivamente la libre expresión dentro de un estado de derecho“, assim declarou o comunicado do Comitê Permanente do Espiscopado chileno lido pelo bispo auxiliar de Santiago, Mons. Contreras. (Os negritos são nossos).

Tais atentados são justificados pelo alcorão de seus fundamentalistas como simples manifestações artísticas ou como legítima "diversidade" cultural. Tais bombas semânticas, espalhadas em geral pela mídia, servem para desconcertar os "infiéis" da "Revolução Cultural" que gostariam de defender da profanação seus princípios mais sagrados.

Reagindo a esses atentados, a associação chilena Acción Familia está desenvolvendo uma Cruzada do Santo Rosário em desagravo à Santíssima Virgem.


Clique aqui para ler as intenções sugeridas para serem colocadas na recitação do Rosário.

1 comentários:

Srs.
Lamentável esse desfile tão ofensivo a Nossa Senhora e Mãe de Deus. A cruzada de rosários é uma ótima iniciativa, e desde já me incluo nela. Acontece que tal terrorismo religioso, que nos deixa indignados, mereceria um evento que fizesse o contrário do que eles fazem. Não sei se os srs. dispõem de um contingente feminino numeroso. Seriam as mulheres e moças que poderiam promover um desfile elegante, prestigioso, mostrando uma novidade: trajes dignos e católicos, com cerimonialista, convites impressos e toda uma fundamentação doutrinária da beleza e da estética católica do bem vestir, tanto para homens como para mulheres. Soube que São Pio X quis ter em Roma uma loja em que só se vendessem trajes cristãos. Seria uma maneira de espantar também o mau gosto, porque convenhamos que existem horríveis caricaturas do modo católico no vestir. Músicas de fundo criariam um clima, e uma bela imagem de Nossa Senhora poderia presidir o desfile. Mantilhas de renda poderiam ser mostradas, tão em desuso em nossas igrejas. Resumindo: seria uma aula de civilização, provando que ser católico é sinônimo de virtude, e virtude é sinônimo de elegância (saber eleger, saber escolher). Fica a sugestão. Do amigo em Jesus e Maria, Renato Pessanha.