Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Ator que fez Che Guevara é "fuzilado" por entrevistadora

Autor: Edson Oliveira   |   21:53   4 comentários

O ator Benicio del Toro, que representou o papel de Che Guevara no filme intitulado com nome desse assassino sanguinário, foi "fuzilado" na entrevista concedida à Marlen Gonzalez do canal Noticias 41.

Cada pergunta da entrevistadora era como um tiro certo que deixava sem resposta o ator esquerdista.

Se fosse no Brasil e trabalhasse na Globo ou na Record, na primeira queixa do PT - que haveria certamente - ela seria imediatamente despedida, como ocorreu com o Boris Casoy.

Vale a pena ver o vídeo, é um verdadeiro massacre.

Observação: O vídeo abaixo, por haver cenas chocantes, não é recomendado para esquerdistas.

4 comentários:

Esses esquerdistas "desinformados", merecem ser "fuzilados" desta maneira. Mas acho que não deixarão de "cultuar" terroristas-assasinos, seus correligionários.Interresante!!! A verdade é clara, e é preciso ser mostrada.

É verdade. Basta lembrar que o ditador sanguinário que atende pelo nome de Fidel Castro é referido por esses imbecis como "líder", "governante de Cuba", "comandante", expressões cheias de simpatia para esconder a verdade sobre o monstro.

O mesmo fazem quanto ao regime cubano. Aqui no nosso país, tivemos um regime militar formado a partir de um contragolpe (e não um golpe) que no entanto manteve as instituições democráticas, com mudança de dirigentes e parlamentares e durando vinte anos. Contabilizado mortos de todos os lados não cheaga-se ao milhar. Por "tudo" isso, os esquerdistas imbecis (desculpem-me a redundância) abusam de linchar verbalmente os militares, que teriam implantado uma ditadura violenta e altamente repressiva no país.

Agora vejam como se reportam ao regime cubano, terrivelmente sangrento, repressivo, cerceador de direitos fundamentais, dentre os quais o de ir e vir, cerceador da liberdade de opinião e do contraditário político. Um governo assassino com um golpista instalado há mais de quarenta anos no poder, sem nem sombra de eleição (acho que nem prá síndico de prédio) e já articulando a transmissão para um familiar, num nepotismo descarado e abjeto. Pois bem, essa "maravilha da humanidade" é tratada pelas aberrações mentais esquerdistas (perdôem-me mais uma vez a redundância) como simplesmente "governo revolucionário". Não é lindo?

Por isso não adiantaria esperar jamais de esquerdistas uma atitude de autocrítica suscitada por uma entrevista como essa. Ocorreria, isto sim, o que o Edson mencionou: a jornalista é que seria retaliada como inimiga deplorável do "governo revolucionário".

Amigos.
Não sou jornalista nem escrevo bem.
Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.

Olá, gostei muito do blog, add ao meu,abraço