Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, sexta-feira, 26 de março de 2010

Outdoor na Polônia relaciona aborto com Hitler

Autor: Edson Oliveira   |   23:01   4 comentários


O PNDH 3 do governo Lula apoia a legalização total do aborto no Brasil como se isso fosse "moderno", sinal de "progresso", mas assim não pensam os poloneses, cuja temática é bem velha e lembra sistemas autoritários e antinaturais.

A associação Fundacja Pro publicou, no início deste mês, na cidade de Poznan, um outdoor com a foto de Hitler ao lado de fetos abortados

Cumpre lembrar que depois da Rússia, em 1924, subjugada pelo regime comunista, a Alemanha, sob o nazismo, em 1935, foi o segundo país do mundo a legalizar o aborto. Tal prática foi imposta na Polônia em 1943 a mando de Hitler.

Os militantes pró-aborto não gostaram nada da campanha, pois os movimentos feministas – como inclusive eu ouvi em nosso [será mesmo nosso?] Congresso Nacional em uma audiência pública sobre o aborto – usavam o termo “nazista” para caracterizar quem fosse contrário ao assassinato de inocentes.

Agora que o argumento mudou de lado, Dr. Pawel Lukow, por exemplo, segundo informa Gazeta Wyborcza (8/3/2010), acha que essa campanha “é uma provocação”, “não é um argumento que faz os outros pensarem”, “um insulto contra o inimigo ideológico ou a pessoas que têm opinião diferente”.

O jornal polonês menciona ainda que o Procurador Distrital não recebeu nenhuma reclamação e que os organizadores pensam em continuar com a manifestação.

4 comentários:

Saudações

Nacional-Socialismo e Comunismo se aproximam ideológicamente e o aborto combina bem com regimes baseados nessas ideologias porque ambas pregam um Estado máximo, com direitos sobre as pessoas pouco ou nada limitados.
Nesses dois regimes, os governantes se intrometiam no ventre das mulheres e por isso essa comparação tem fundamento.
Apesar de que Hitler era muito mais bonzinho do que os abortistas de hoje! Porque? Porque bem ou mal ele tinha a aprovação da população e os abortistas de hoje não a tem!
Aproveito a oportunidade para alertar que não comam lula, dizem que não faz muito bem!
Um abraço!

Bem lembrado o fato de terem sido a Rússia Comunista e a Alemanha Nazista terem sido os primeiros países a legalizar o aborto. O mais curioso é que hoje em dia nós somos chamados de nazistas, fascistas, genocidas, porque nos opomos a este assassinato horrendo que as feministas querem que engulamos!

Se você ainda tem dúvidas sobre o aborto, leia estes dois artigos : http://wp.me/pFVpc-ke e http://wp.me/pFVpc-k2