Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, terça-feira, 31 de maio de 2011

Ministro Haddad compara críticos do "Quiti Inguinoranssa" a fascistas

Autor: Edson Oliveira   |   16:43   2 comentários


Conforme o site Último Segundo, hoje, na audiência pública no Senado, o ministro da Educação, Fernando Haddad, chamou de "atitude fascista" criticar o livro "Por uma vida melhor" sem antes tê-lo lido.

"A maioria das pessoas que criticaram inicialmente, se não a totalidade, declararam depois sem ter lido o livro. Isso me deixou preocupado porque regra geral um livro precisa ser lido para ser compreendido e, eventualmente, criticado", afirmou o ministro.
“Li o livro e se tiver que ficar sozinho defendendo essa professora (Heloisa Ramos, autora), eu não me importo”, disse Haddad.

Embora o livro ensine que é "preconceito linguístico" adotar "as regras estabelecidas para a norma culta como padrão de correção de todas as formas linguísticas" e também afirme que o aluno precisa dominar as "duas variedades" (culta e popular) da língua portuguesa e usar a que julgar a mais adequada, Haddad argumentou que entende perfeitamente o capítulo "como um convite da autora para que o aluno saia de sua fala coloquial”.

Segue abaixo a página crítica do livro para análise dos leitores. (Clique na imagem para aumentar)

2 comentários:

E talvez esse ministro seja um sionista fascista da ala árabe aliada à Israel.

Ôçêis pára de mangá dieu só puiquê ieu sô inguinoranti! Ôçêis num sabi doncovim, oncotô i nem proncovô! Minha feçora diçe quieu poss' proçeçá ôçeis tudu pur DISCRIMINAÇÃ E INSTIGUIMATIZAÇÃ! Ieu tô senu instiguimatizadu, só puiqê sô inguinoranti! i si ieu cazá cun' ua fia doçêis? Ôçêis vão ingeitá us netim quia jenti vai fazê só puiqê anóis é inguinoranti?! ieu num falu erradu, ieu falo inadecuadu! Minha feçora diçe qui ece negó di falácertim é coiza di burguêis isproradô dus pobri! i ela diçe qui cuando u soçialismu istivé construídu iço vai mudá, anóis, us inguinoranti, é qui vamu mandá! Puriçu ôçeis tem qui tomá cuidadu! ieu proçeçossêis!