Frase

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).
São Paulo, sábado, 15 de setembro de 2012

Reaja! Feministas convocam ocupação virtual de catedrais

Autor: Edson Oliveira   |   12:09   Seja o primeiro a comentar

Todo dia 28 de setembro as feministas costumam "comemorar" o "Dia de Ação para a Despenalização do Aborto na América Latina e no Caribe" e para o próximo elas estão convocando seus militantes a "escalar uma catedral e pendurar no alto uma bandeira que defenda o direito à autodeterminação das mulheres", mas "para fazer estas mensagens chegarem a lugares como o topo das catedrais sem pôr em risco a vida das mulheres ativistas, a Rede Mundial de Mulheres pelos Direitos Reprodutivos e mais algumas organizações do movimento de mulheres estão compartilhando uma ferramenta de ocupação virtual baseada em Realidade Aumentada" (Cfr.: Ação de Ocupação Virtual no Dia Mundial de Ação pelo Aborto Seguro e Legal).

Ou seja, a ideia é que as militantes feministas tirem fotos de catedrais e edifícios simbólicos de suas cidades e enviem para o e-mail do movimento Women’s Global Network for Reproductive Rights (WGNRR) para serem feitas fotos montagens com cartazes pró-aborto e "instruções sobre o uso de Misoprostol", um fármaco abortivo.

Sugestão de reação

Já que elas querem abortos, vamos então enviar para elas fotos de bebês abortados ou alguma outra que sugiro abaixo. Se elas acham "justo" utilizar da imagem de nossas igrejas para militarem por algo contrário as nossas convicções, então nada mais justo do que "tomarmos virtualmente" a caixa postal delas com algo contrário as suas péssimas convicções. Mas para isso é preciso que os pró-vida - que são a imensa maioria de nosso país - se mobilizem nesta iniciativa.

O melhor é não escrevermos nada. Apenas enviarmos a foto.

OBS: Creio que deve haver proteção legal contra o uso indevido de imagens de catedrais. Se alguém conhecer da matéria favor informar.

Segue o e-mail da campanha feminista:


Fotos sugeridas para envio:








0 comentários: